14º ENCONTRO NACIONAL DE MOTOCICLISTAS DE SUMIDOURO-RJ.

SOBRE O EVENTO

Início: 05/08/2022 18:00
Fim: 07/08/2022 10:00
Onde: SUMIDOURO

Bandas de Rock:

 

Locução:

Sonorização:

Estrutura:

Sumidouro (Rio de Janeiro)

Sumidouro é um município brasileiro do estado do Rio de Janeiro. Localiza-se a 22º02'59" de latitude sul e 42º40'29" de longitude oeste, a 355 metros de altitude. A população local é de 15 099 habitantes (2010), e ocupa uma área de 395.516km², subdividida em quatro distritos: Sumidouro (sede), Campinas, Dona Mariana e Soledade.

O município é vizinho de Nova FriburgoTeresópolisCarmoSapucaia e Duas Barras.

Etimologia

O município recebeu essa denominação porque as águas do Rio Paquequer, que correm quase sempre na superfície, "desaparecem" abruptamente em um determinado ponto do seu curso. De fato, as águas adentram canais abertos no interior de um bloco calcário (sumidouros), e o Paquequer passa a drenar subterraneamente, ou seja, deixa de ser um rio superficial e passa a ser, nesse trecho, um rio subterrâneo - voltando à superfície (ressurgência) alguns metros a jusante.

História

 
Sumidouro, 1970. Arquivo Nacional.

As primeiras referências à região, pertencente à época à freguesia do Santíssimo Sacramento de Cantagalo, dizem respeito a uma capela construída em 1822, destinada ao culto de Nossa Senhora da Conceição do Paquequer. Em 26 de abril de 1842, a região foi transferida para a freguesia de Nossa Senhora de Aparecida, e, em 31 de maio de 1843, a localidade foi ela própria elevada a freguesia, com o nome de Nossa Senhora da Conceição do Paquequer, inserida no município de Nova Friburgo. Em 13 de outubro de 1881, com a elevação à condição de vila da freguesia de Nossa Senhora do Monte do Carmo, a freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Paquequer foi transferida de Nova Friburgo para aquela.

Historicamente, a economia da localidade se restringiu às culturas do cafémilhofeijãobatata e outros, com emprego de escravos. Mesmo com a abolição da escravatura, em 1888, a economia local ainda manteve o crescimento por algum tempo e em 10 de junho de 1890, ocorreu a elevação a vila e criação de novo município, já com o nome de "Sumidouro".

Na primeira metade do século XX, a economia não se desenvolveu muito, dada a precariedade dos meios de transporte e de comunicação. A despeito dessa relativa estagnação, a sede do município foi elevada a cidade em 27 de dezembro de 1929.

Geografia

Povoados

Alguns bairros de Sumidouro surgiram após a colonização da região do Vale do Rio Paquequer como as localidades de: São Caetano, Corguinho, Porteira Verde, Serra, Turma, Água Limpa, Lambari, Lagoa, Vale dos Pinheiros, Murineli, Vila Lampona e Duas Irmãs (ponto turístico).

Turismo

 
Cascata Conde d'Eu

Em Sumidouro localiza-se a Cascata Conde d'Eu nome dado pelo Tenente Coronel do 14º Batalhão de Infantaria Militar da Guarda Nacional de Nova Friburgo: João de Souza Vieira (casado com Amélia Cândida Vieira) em homenagem ao Conde d'Eu após um almoço festivo ao pés da Cascata, o dia era 25 de maio 1881, Vieira como era chamado, era muito amigo do imperador e homem de respeito na região, Conde d'Eu se admirou tanto pela beleza daquela cascata que o Coronel logo batizou a Cascata de Cascata Conde d'Eu, que fica próxima a Dona Mariana, considerada a maior cachoeira do estado do Rio de Janeiro, com 127 metros de queda. Na vinda de Petrópolis para Sumidouro, o cavalo do Conde d'Eu não aguentou a viagem, fazendo com que o mesmo e sua esposa chegassem a pé a fazenda da Cascata, na volta a Petrópolis o Coronel Vieira lhes presenteia com belos cavalos manga largas de sua montaria.

Como atração turística, entre Dona Mariana e o povoado de Murineli, conta com trilha que percorre um extinto ramal da Estrada de Ferro Leopoldina, hoje sem os trilhos, passando por três túneis e duas antigas estações ferroviárias. Neste ponto, é possível observar a cachoeira e uma fazenda dos tempos do café. Tal ramal ligava Nova Friburgo a Porto Novo, atual Além Paraíba. No distrito de Dona Mariana anualmente é realizada a festa do caqui.

Destacam-se como atrações turísticas, entre outras, os vários acidentes geográficos como as Duas Irmãs, que impressionam pela beleza natural em que duas pedras gigantescas se apoiam uma na outra, formando um portal de entrada a um bairro da periferia da cidade de Sumidouro, denominado Chácara do Carapina.

O leito do rio Paquequer é também um notável ponto de interesse turístico em virtude da sua beleza natural, sem citar o hoje extinto "Sumidouro das Águas", que deu origem ao nome da cidade, onde o rio literalmente desaparecia por entre as pedras do seu leito só retornando à superfície quilômetros adiante formando um belo e curioso acidente geográfico que, atualmente, encontra-se submerso.

Atualmente, o município é objeto de pesquisas sobre a história oral dos moradores. Também têm sido realizados estudos ambientais que visam analisar a degradação das nascentes de rios.

 

Apoio:

Cobertura e transmissão ao vivo:

MAPA

Clique para habilitar o mapa
SUMIDOURO
PUBLICIDADE